Search

Belo Horizonte Capital Solar do Brasil pioneira no aquecimento e refrigeração solar


Fotos: Bärbel Epp Belo Horizonte, um município a cerca de 600 km ao norte de São Paulo, no estado de Minas Gerais, também é conhecida como a capital solar do Brasil. Com uma população de cerca de 2,5 milhões, e um grande número de instalações de aquecedores solares de água em muitos de seus prédios multifamiliares.


A foto mostra um exemplo, um bloco de apartamentos. O teto é completamente coberto por aquecedores solares de água, que atendem a metade dos requisitos anuais de água quente. Este artigo apresentará os principais impulsionadores de um empolgante desenvolvimento de mercado na América Latina: um grupo de pesquisa universitário especializado em aquecimento e refrigeração solar, planejadores de sistemas comprometidos, fabricantes fortes e uma empresa estatal pró-solar. Uma pioneira da pesquisa térmica solar brasileira feita por Elizabeth Duarte Pereira, professora associada do Centro Universitário UNA de Belo Horizonte e chefe do grupo de pesquisa em energia, preparou gerações de estudantes para os trabalhos de aquecimento e refrigeração solar que eles realizam na fabricação e no planejamento em todo o país hoje. Ela também iniciou e supervisionou a instalação e o comissionamento dos dois primeiros sistemas de refrigeração movidos a calor solar e montou como plantas de demonstração no campus da UNA em março deste ano (veja a tabela abaixo).

Principais números dos dois primeiros sistemas de refrigeração solar térmica do Brasil Fonte: Centro Universitário UNA Os resultados do monitoramento confirmaram até agora o desempenho do chiller, conforme declarado pelos fabricantes", disse Pereira. O resfriador Yazaki de 35 quilowatts alcançou um COP térmico de 0,6 em operação normal e, se levarmos em conta o sistema de aquecimento adicional da piscina da universidade, o valor sobe para 1. No entanto, os refrigeradores ainda são muito caros porque são importados. A universidade comprou o campo de colecionadores localmente da Prosol, que usa absorvedores seletivamente revestidos.

Campo coletor medindo 44 m² (à esquerda), juntamente com um refrigerador seco e um tanque de armazenamento de água quente (à direita). O chiller de adsorção de 10 kW fica na sala de monitoramento abaixo do resfriador. No projeto 438, a instalação foi apoiada pela concessionária CEMIG e pela Agência Reguladora de Eletricidade do país, ANEEL. Fotos: Centro Universitário UNA Soluções econômicas de água quente comercial Outro pioneiro é Carlos Artur Alencar, CEO da Enalter (veja a foto abaixo).

O fundador da empresa, Carlos Artur Alencar (à direita) e o desenvolvedor de projetos Fabiano Lara de Paula no armazém da Enalter Engenharia Indústria e Comércio Foto: Bärbel Epp Sua empresa é especializada no projeto e instalação de soluções de aquecedor solar de água em larga escala para clientes do segmento residencial, hospitais e hotéis. Belo Horizonte foi construída em terreno montanhoso. O céu azul claro e as noites frias no inverno significam que os chuveiros quentes são uma obrigação e o sol pode contribuir o ano todo, explicou. A energia solar térmica também é muito rentável quando você olha para os preços relativamente altos que a concessionária local cobra pela eletricidade da CEMIG e aumenta ainda mais pelos altos impostos locais. Uma das maiores instalações da Enalter no município está localizada em cima do hospital da Unimed. Desde que a instalação de 250 leitos abriu suas portas há 10 anos, a demanda de água quente foi atendida quase inteiramente pelo calor residual dos resfriadores de ar condicionado, um campo coletor bombeado de 326 m² e cinco tanques de 5.000 litros, todos montados no telhado. As caldeiras a gás adicionadas funcionam apenas uma vez por semana durante o inverno. A Enalter, responsável pelo planejamento da instalação, continua a prestar serviços de manutenção. A água quente nos tanques é limitada a 58 ° C, pois é diretamente direcionada ao edifício. Entrega de 100.000 unidades para projeto de habitação solar Um terceiro ator importante no mercado regional é a fabricante de ar condicionado Tuma Industrial, que começou a produzir coletores e tanques em 1975. Seu departamento solar viu o número de funcionários atingir o pico de 300 em 2014, durante o “ano dourado” da Minha Casa Minha Vida (Minha casa, minha vida) programa de habitação solar. O gerente da fábrica, Frederico Dantas dos Santos, disse que a Tuma havia fabricado e enviado cerca de 100.000 kits solares para projetos habitacionais governamentais em todo o país. Quando o programa terminou em 2016, ele teve que deixar uma parcela significativa de sua equipe do departamento solar. Desenvolvemos um sistema que é muito rápido de instalar, usando apenas alguns parafusos, para que dois instaladores possam terminar uma unidade em cerca de meia hora, disse ele. Em média, o programa alocou um coletor de 1,6 m² pintado em preto e um tanque de 200 litros para uma família. Obviamente, um aquecedor solar de água oferece um nível mais alto de conforto do que um pequeno chuveiro elétrico, mas tende a aumentar também o consumo de água quente.

Projeto de habitação solar composto por 700 unidades instaladas em 2012 no estado do Pará Foto: Tuma PROPEE: Maior esquema de subsídio de eficiência energética A concessionária estatal CEMIG foi uma das primeiras a apoiar soluções de aquecedor solar de água. Desde o lançamento do programa de eficiência energética PROPEE em 2000, ele financiou muitos aquecedores solares de água para substituir os chuveiros elétricos em propriedades multifamiliares, hospitais e casas de repouso. O PROPEE, que estipula que todos os fornecedores de eletricidade devem investir 0,5% de seu faturamento líquido em medidas de eficiência energética, é o maior esquema de financiamento para eficiência energética no Brasil e possui um orçamento anual de 450 milhões de reais (121 milhões de reais). Segundo estimativas da Abrasol, associação nacional da indústria solar térmica, cerca de 2% desse orçamento é gasto em aquecedores solares de água a cada ano, o que significa que cerca de BRL 75 milhões (20 milhões de euros) foram investidos na tecnologia desde o início do programa 19 anos atrás. Sites de organizações mencionadas neste artigo:

Centro Universitário da UNA: https://www.bachelorstudies.com/universities/Brazil/UNA/

Tuma: http://www.aquecedorsolaragua.com.br/

Enalter: www.enalter.com.br CEMIG: http://www.cemig.com.br/pt-BR/Pages/default.aspx

Quer ficar bem informado(a) sobre as notícias da Energia Solar Shop, e interagir com a gente? Cadastre-se grátis e esteja sempre por dentro de todos os nossos conteúdos energiasolarshop.com.br
0 comments